Páginas

PESQUISE NESTE BLOG

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Vinil x MP3 e o Analfabetismo Funcional (Pensamentos soltos ao vento)


Pois é. Até algum tempo a questão era o CD x MP3 mas foi divulgado recentemente que a venda de Vinil , somente nos EUA no ano passado chegou a 1 milhão de unidades. Pode parecer um numero tímido, mas esse numero está subindo consideravelmente e pode chegar a 1,6 milhões ainda esse ano. Segundo a Rolling Stone , o numero de aparelhos de reprodução de Vinil , que em 1989 caiu de 1,8 milhões para 175 mil e foi caindo gradativamente, ensaiou uma recuperação e voltou a subir , chegando a 500 mil unidades no ano passado , e a tendencia é aumentar.
A culpa desse fenômeno naturalmente é a crescente popularização dos aparelhos de MP3 que contribuiram para o obvio (mas que devido ao mal acostumado ouvido moderno não tão obvio assim).


Sempre que alguém defendia o Vinil comparado com o CD logo era meio que considerado louco ou nostalgico. Culpa não somente da inadequação musical de leigos mas também da crescente onda de marketing da nova midia que fazia-se "verdade".
O CD porém tinha como vantagem obvias a diminuição dos chiados e a praticidade de transporte e armazenagem. Porém perdia-se o "peso" dos timbres e para os que se interessam, ou colecionadores , a arte de capa. Da Fita Cassete , ressalva-se , ninguém sente falta (a não ser por motivos nostalgicos).

Com a crescente popularização das MP3 porém a diferença entre o som se fez gritante. Claro que ouvidos leigos e mal acostumados não percebem, mas o MP3 é um formado de crompressão de audio mais popular da atualidade . Na teoria cortaria apenas parte imperceptiveis ao ouvido humano, mas a perda é muito maior do que o normal. Ouvir musica classica em MP3 por exemplo é praticamente um atentado, tamanha a perda de qualidade.



Infelizmente assim como a tendencia a imbecialização (que pode parecer uma palavra forte, mas é a mais adequada) tanto da cultura em geral (Cinema, musica, livros- que hj só se vende auto-ajuda (!) , Paulo Coelho e afins) quanto do falta de senso-critico a tudo (principalmente a politica (ou apolitica)). E falando em politica é irritante como se ouve bobagens de pessoas que se consideram politizadas , e não se tocam de como são manipuladas , tanto pela midia de direita quanto da de esquerda, mas isso é outro assunto.
Culpa de tudo pode ser atribuido a educação e a falta de leitura que torna o Brasil se não o Campeão um dos principais paises em analfabetos funcionais, o que é alarmante, embora nada surpreendente. Afinal, do que adianta saber as letras se não consegie ler um texto maior que notas em revista de fofoca.

Muito se fala do descaso com os professores, o baixo salário, mas sinceramente. PROFESSOR GANHA MUITO HOJE EM DIA. E antes que você ache essa afirmação absurda , é só ver o nivel atual dos professores que se formam hoje em dia. Infelizmente , quem não consegue uma faculdade melhor e não quer trabalhar como empregada acaba sendo professora. Tirando , claro uma porcentagem mínima (do qual você , ó leitor(a) indignada, faz parte) que por amor ao nobre oficio e total dedicação e vocação.

A Internet ajuda a essa imbecialização , onde vemos tantas noticias que em outras épocas seriam consideradas absurdas , hoje são tomadas como verdades absolutas, só porque "eu li", "eu vi no jornal". Tudo isso devido a falta do já citado senso crítico e a falta de raciocinio, e onde qualquer um que tenha uma idéia diferenciada é considerado pseudo-intelectual (alias, acho super engraçado isso). Alias, lembrei-me de ter lido esses dias no Orkut alguem reclamando que não gosta de Los Hermanos porque são muito intelectuais. Na boa, essa pessoa nem sabe o que é intelectual , ou não teria dito tanto absurdo. Mas é reflexo de tudo o que discorri até agora, e você fazer uma musica mais trabalhada '(mesmo que popular) é considerada intelectual. Do lado oposto também temos muitos fãs que se acham melhores do que outros só porque ouve Los Hermanos mas infelizmente consegue ser tão (ou piores) que muitos outros . Mas isso devido a uma certa arrogância que mascara a realidade.

Mas voltando a linha de raciocinio iterrompida. tempos negros estes nos quais um professor que não lê um livro decente pode ensinar. Imagine a geração futura. Tenho até medo do ensino que meu filho terá (definitivamente, hoje em dia,realmente a educação começa , e termina, em casa.Não dá mais pra confiar na escola). Professor reclama que os alunos estão cada vez mais mal educados (o que não deixa de ser verdade) , mas vejo professores bons e antigos que não deixam os alunos mandarem na classe e me pergunto, será que a culpa é toda dos alunos ? Somando isso a incompetencia de muitos "educadores" , não me surpreendo com os resultados.

Se você chegou ao final desse pequeno artigo, parabens. Você pode ser uma Esperança (ou é apenas meu amigo). E quem ficou com medo de ser um Analfabeto funcional , pesquise ao menos o assunto, abra um bom livro (e se disser que tem preguiça ao menos vá a um médico e tente ver se existe um remédio para isso, ou contente-se em ser mais um que não tem vontade propria , não percebe a manipulação e acredita piamente do contrario)

Um comentário:

Kemp disse...

Legal que curtiu meu trampo, Gustavo!
Me amarrei no seu texto! Fico indignado com as mesmas coisas. Triste, muito triste!
Abração!

Kemp